Um caso exemplar

Francisco José Garzón vai ser acusado de 78 homicídios por imprudência pelas 78 mortes no comboio, escreve a imprensa espanhola, se o juiz determinar que não houve nenhuma outra razão para o comboio seguir em excesso de velocidade a não ser pelo seu comportamento“.

Azar do maquinista não ser julgado em Portugal. Se o caso chegasse ao STJ, teria uma boa chance de ser condenado apenas por um crime de homicídio – com o aplauso de alguma doutrina.

Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Escreva o seu comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s